Terça-feira
28 de Setembro de 2021 - 
"O direito não é nada além do mínimo ético."

Integra

Webmail

Clique no botão abaixo para ser direcionado para nosso ambiente de webmail.

Previsão do tempo

Hoje - Barra de São Franc...

Máx
32ºC
Min
21ºC
Predomínio de

Quarta-feira - Barra de S...

Máx
32ºC
Min
21ºC
Predomínio de

Quinta-feira - Barra de S...

Máx
31ºC
Min
21ºC
Nublado

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 5,35 5,35
EURO 6,26 6,26

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . .
Dow Jone ... % . . . .

Últimas notícias

Unidades prisionais recebem doação de livros para o Projeto Remição pela Leitura

A iniciativa atenderá, inicialmente, 75 internos e internas, com rodízio de livros entre os participantes. O Projeto “Remição pela leitura”, de iniciativa da juíza Patrícia Faroni, da Vara de Execuções Penais de Vila Velha, ganhou uma nova parceira, a Azul Limão Alado, entidade sem fins lucrativos, que promoveu a entrega de livros, computadores e fones para a inauguração de turmas de remissão pela leitura em unidades prisionais do Espírito Santo na última sexta-feira (10). Ao todo, foram destinados 75 livros, sendo 30 livros para a Casa de Custódia de Vila Velha (CASCUVV), 30 para a Penitenciária Semiaberta de Vila Velha (PSVV) e 15 para o Centro Prisional Feminino de Cariacica (CPFC). Também foram entregues 75 fones e 08 computadores, sendo 04 para a CASCUVV e 4 para a CPFC. A PSVV já havia recebido 06 computadores anteriormente. O projeto atenderá, inicialmente, 75 internos e internas, com rodízio de livros entre os participantes. Os cinco primeiros livros a serem lidos são: A mão esquerda da escuridão, de Ursula Le Guin; Literatura, pão e poesia, de Sérgio Vaz, O sedutor do Sertão, de Ariano Suassuna; O perigo de uma história única, de Chimamanda Adichie, e Por um fio, de Drauzio Varella. Segundo a juíza Patrícia Faroni, de acordo com a Resolução 391/2021, do CNJ, a remissão de pena pela leitura tem caráter voluntário e podem ser beneficiados todos aqueles que cumprem pena independente do regime de privação de liberdade: “Terão direito à remissão de pena pela leitura os reeducandos que comprovarem a leitura de qualquer obra literária, independente de participação ou lista prévia de títulos autorizados”. Vitória, 13 de setembro de 2021   Informações à Imprensa Assessoria de Imprensa e Comunicação Social do TJES Texto: Elza Silva | Maira Ferreira Assessora de Comunicação do TJES www.tjes.jus.br
13/09/2021 (00:00)
Visitas no site:  908161
© 2021 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia